AGENDE SUA CONSULTA 

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com

  • cirurgia plastica medibel
  • 1

Importância da cinta modeladora no pós-operatório

  • Categoria pai: A Medibel
  • Publicado em Sexta, 19 Dezembro 2014 12:00
  • Escrito por Libero Mais
  • Acessos: 2192
  • 19 Dez

A cirurgia plástica é um procedimento estético que ajuda a remodelar o corpo, equilibrar a silhueta e corrigir problemas que incomodam a paciente, aumentando diretamente seu bem estar e sua auto-estima.

Há vários fatores que culminam em uma cirurgia de sucesso, que vão desde uma clínica especializada com profissionais experientes, seguir a risca as recomendações de pré e pós operatório e no período do pós operatório é necessário evitar a exposição ao sol e usar a cinta modeladora obrigatoriamente.

A cinta além de ajudar a modelar a área operada, contribui para cicatrização e evita deslocamentos de pele. Ela é parte fundamental no processo de recuperação de algumas cirurgias plásticas na região abdominal, evita o inchaço excessivo, ajuda a remodelar a área operada e contém a pele que foi manuseada no procedimento.

A cinta proporciona uma firmeza que impede sangramentos e deslocamentos de uma área que ainda está sensível. Ela também auxilia na cicatrização e reforça a musculatura, que fica frágil após a cirurgia, como nos casos de lipoaspiração e abdominoplastia.

Há diversos modelos disponíveis no mercado, os de elastano e microfibras são os mais indicados, devido ao conforto do material e da fácil adaptação em qualquer tipo de estrutura corporal. Os médicos recomendam experimentar a cinta antes de comprá-la.

É necessário avaliar o conforto e a sustentação, precisa ser firme, porém não pode apertar demais. Um tamanho errado pode provocar problemas de circulação e ao invés de auxiliar no pós operatório pode piorar a situação. Se o tamanho for muito menor pode provocar até mesmo fibrose, dor, desconforto e comprometer os resultados da cirurgia.

A cinta apertada pode machucar a pele, causar cicatrizes e dificultar a respiração, por isso é importante escolher o tamanho certo. Se ela ficar folgada, basta ajustá-la. A cinta será utilizada todo o tempo e só deve ser retirada para tomar banho. Elas devem ser levadas para o hospital ou clínica no dia da cirurgia. O uso da cinta associada à prática de exercícios físicos, alimentação equilibrada e a realização de sessões de drenagem linfática são essenciais para um pós-operatório e potencializam os resultados da cirurgia plástica.

News Medibel