AGENDE SUA CONSULTA

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com

  • cirurgia plastica medibel
  • 1

Anestesia e Cirurgia Plástica

  • Categoria pai: A Medibel
  • Publicado em Sexta, 13 Março 2015 16:13
  • Escrito por Libero Mais
  • Acessos: 2027
  • 13 Mar

A anestesia evoluiu bastante nos últimos tempos. Com a evolução da medicina, seu uso em cirurgias plásticas tornou-se um procedimento muito mais seguro. Antes de ser aplicada o médico avalia o paciente, os exames clínicos, o tipo de cirurgia e o tempo operatório para garantir sua segurança.

Pode atuar de diversas maneiras: como um analgésico que alivia a dor, um amnésico que impede que o paciente se lembre da cirurgia; e também como um imobilizador, evitando que o paciente se mova enquanto o cirurgião está operando.

Pode também promover a inconsciência e eliminar ou reduzir os batimentos cardíacos acelerados, respiração rápida e controlar o aumento da pressão arterial.

Na cirurgia plástica as mais utilizadas são a anestesia local com sedação e a anestesia geral. A anestesia local é usada para evitar a dor na área da cirurgia. Durante a anestesia local o paciente permanece acordado e consciente de tudo ao seu redor. Pode ser aplicada por uma pomada, spray ou injeção.

A anestesia geral é usada para procedimentos médicos amplos. Além de induzir o paciente ao sono, a anestesia geral evita qualquer dor, e previne que o paciente se lembre do procedimento mais tarde. Os fármacos incluídos na anestesia geral são inalados ou injetadas na veia.

Independentemente do tipo, equipamentos são utilizados durante a cirurgia para monitorar a frequência cardíaca, pressão arterial, temperatura, oxigenação e ventilação adequada. O monitoramento foi projetado para reduzir o risco de complicações.

A decisão sobre o tipo adequado de anestesia envolve cirurgião plástico, anestesiologista e o próprio paciente. Antes de qualquer cirurgia é necessário coletar uma série de informações sobre sua saúde para determinar o tipo mais adequado de anestesia.

Conforme o tipo de anestesia utilizada a recuperação pode levar entre uma e seis horas. Depois de qualquer tipo é recomendável ficar pelo menos vinte e quatro horas sem dirigir, sem operar máquinas pesadas e sem tomar decisões judiciais.

News Medibel