AGENDE SUA CONSULTA 

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com

  • cirurgia plastica medibel
  • 1

Qual a diferença entre cicatriz hipertrófica e queloidiana?

  • Publicado em Segunda, 28 Setembro 2015 14:22

Para que a cirurgia plástica e sua cicatrização tenham o resultado esperado, diversos fatores devem ser levados em conta, como seguir todas as recomendações do período pós-operatório e manter uma alimentação saudável, assim o organismo irá se recuperar da melhor forma.

A cicatriz é a formação de um tecido fibroso que aparece após lesão no corpo, e para que o organismo se mantenha intacto esse tecido fibroso passa a gerar colágeno. Após a cicatriz ter restaurado o tecido lesado, o organismo para de produzir os fibroplastos necessários para a recuperação. No entanto, nem sempre isso ocorre, pois se o paciente tiver algum distúrbio genético ou hereditário, o organismo pode não receber essa informação de que não precisa mais produzir colágeno, então o colágeno começa a aparecer nas bordas da cicatriz gerando um resultado indesejável.

As cicatrizes responsáveis por invadir o tecido ao redor da cicatriz chama-se quelóide. Possui aparência grossa e avermelhada, além de provocar dor e coceira. Pessoas com a pele negra ou asiáticos possuem maior tendência de adquirir essa cicatriz.

A cicatriz hipertrófica também possui alto relevo, além de coçar e ser avermelhada, mas a grande diferença entre a cicatriz hipertrófica e a cicatriz queloidiana, é que a hipertrófica não chega a invadir a cicatriz, e possui a capacidade de melhorar a aparência com o passar do tempo, tornando-se mais clara. Para que esse transtorno seja evitado, o ideal é que antes de fazer uma cirurgia plástica o cirurgião seja avisado do seu processo de cicatrização, para isso observe a aparência de suas cicatrizes anteriores.

Felizmente existem alguns tratamentos como laserterapia, crioterapia e irradiação que visam melhorar esse problema.

Laserterapia e seus benefícios

  • Publicado em Sexta, 18 Setembro 2015 16:27

O tratamento com laser terapêutico, conhecido também como fototerapia com laser de baixa intensidade tem se tornado mais conhecido e utilizado pois pode ser utilizado isoladamente ou associados a outros tratamentos.

O laser terapêutico de baixa intensidade tem sido indicado até por terapeutas e fisioterapeutas e principalmente profissionais ligados a área da estética pois é uma técnica não invasiva e pode ser usada em tratamentos anti envelhecimento. Além disso, pode ser usado para acelerar o processo de cicatrização, melhora de edemas, olheiras, flacidez, períodos pré e pós operatório de cirurgias, entre outros.

Como funciona?

Os lasers de baixa potência atuam em miliwats(mw), diferente dos lasers de alta intensidade que atuam com a potência acima de 1W que através do aquecimento local gera cortes, vaporização e ablação. O laser de baixa intensidade atua diretamente nas células através de efeitos fotofísicos, fotomecânicos e fotoquímicos pois sua irradiação não é térmica.

O tratamento com laser terapêutico, diferente do que muitos pensam, é indolor. Suas sessões vão depender de cada caso. O laser atua diretamente na regeneração de diferentes tecidos do corpo, por isso a quantidade de aplicações desse tratamento é bem extensa.

Hiperidrose: suor excessivo

  • Publicado em Sexta, 11 Setembro 2015 16:47

O suor excessivo, ou hiperidrose, é um problema bastante comum em pessoas de todo o mundo, incluindo todas as idades. Segundo dados, a disfunção atinge de 2 a 3% de toda a população mundial. Esta caracteriza-se como uma anomalia por meio da qual o paciente sua excessivamente e de forma imprevisível, até mesmo quando encontra-se em repouso ou a temperatura ambiente está baixa.

Causando muitos constrangimentos sociais, a sudorese excessiva pode surgir em partes do corpo como rosto, nas axilas, nos pés, nas mãos e na barriga. O distúrbio é originado de um desequilíbrio nas glândulas sudoríparas, naturalmente responsáveis pela produção do suor, que tornam-se superativas. A causa mais comum do problema são fatores emocionais ou hereditários, contudo, a hiperidrose também pode surgir como reflexo de alguma doença.

A primeira solução para casos mais brandos é o uso de antitranspirantes mais concentrados, no caso das axilas. Contudo, dependendo do nível de desenvolvimento do problema, médicos podem recomendar a manipulação de medicamentos anticolinérgicos, responsáveis por atuar regredindo a atividade das glândulas.

Sobretudo, para soluções mais imediatas e emergentes, há a opção da aplicação de toxina botulínica, o BOTOX, na área do corpo em que ocorre a sudorese. A substância atua inibindo o nervo da glândula sudorípara, bloqueando, assim, a produção do suor.

Redução dos lábios vaginais

  • Publicado em Terça, 08 Setembro 2015 11:35

A ninfoplastia, ou cirurgia íntima feminina, é uma cirurgia plástica que objetiva a diminuição dos pequenos lábios vaginais, responsáveis pela proteção da vagina. Contudo, a cirurgia também pode alterar a forma e o tamanho dos grandes lábios da região vaginal, melhorando sua aparência.

Além de seu caráter estético, um dos principais motivos que leva inúmeras mulheres a recorrer à ninfoplastia é o quadro clínico de dores vaginais durante relações sexuais. Estas ocorrem, principalmente, em casos de lábios vaginais excessivamente grandes, que se dobram para dentro da vagina durante o ato sexual. Além disso, doenças infecciosas como a candidíase, ocasionadas pela dificuldade de higienização da região vaginal, também podem levar à necessidade de realização da cirurgia.

A cirurgia dura em torno de 40 minutos, sendo utilizada anestesia local com a manipulação de sedativos. A paciente recebe alta no mesmo dia de internação, podendo voltar ao trabalho após 3 dias. Independente do motivo, que pode ser um incômodo com o próprio corpo, de saúde, ou unicamente por uma preferência pessoal, não são poucas as mulheres que buscam a realização da ninfoplastia para conseguir, principalmente, melhorias na percepção de seu próprio corpo em sua intimidade.

Cuidados com a região do colo

  • Publicado em Sexta, 28 Agosto 2015 17:42

Mulheres são conhecidas por se preocuparem demasiadamente com sua aparência, especialmente na terceira idade, fase da vida na qual ocorre o envelhecimento do corpo. Tradicionalmente, as áreas que recebem maiores cuidados e tratamentos são o rosto, pernas, bumbum, mãos e barriga. Contudo, muitas destas esquecem-se de manterem cuidados estéticos com o colo, região que precede o busto, conhecido por facilmente incidir no aparecimento de manchas, rugas e o consequente envelhecimento precoce.

Assim como outras partes do corpo, o colo deve fazer parte de um ritual diário de beleza, estando sempre hidratado e protegido. Em primeiro lugar, lembre-se sempre de aplicar cremes hidratantes na região pelo menos uma vez por dia. O componente auxilia na hidratação da pele, mantendo-a rejuvenescida e saudável. Além disso, ao sair de casa busque sempre fazer uso de hidratantes com filtro igual ou maior a 15. A exposição solar sem proteção propicia o envelhecimento da pele, devendo ser evitada.

Se possível, durante a noite faça uso de cremes à base de alfa-hidroxiácidos ou ácido retinoico. Tais substâncias estimulam a produção de colágeno e previnem o envelhecimento do colo.

Sobretudo, em casos mais extremos de flacidez e manchas na região do colo, alguns procedimentos estéticos são disponibilizados na Clínica Medibel, tais como: peeling químico, que visa prevenir e tratar manchas na pele, o laser fracionado CO2, que atua combatendo os sinais de envelhecimento, melhorando o aspecto de rugas, e a toxina botulínica, o BOTOX. Para mais informações entre em contato conosco.

Redução de coxas

  • Publicado em Sexta, 21 Agosto 2015 17:20

Um quadro comum para pacientes que obtiveram recente perda de peso, por meio de emagrecimento ou gestação, é a flacidez da pele na região das coxas, especialmente na parte interna destas. Nestes casos, por conta da brusca redução do tecido gorduroso, a pele cede e se torna suspensa, por falta de sustentação.

O lifting crural, ou cruroplastia, é a técnica que visa o remodelamento do contorno das coxas, reduzindo o excesso de pele e gordura, assim como os níveis de flacidez. Em alguns casos, faz-se necessária a realização conjunta de uma lipoaspiração, assim como a remoção do excesso de pele.

Geralmente, no pós operatório da cirurgia, faz-se necessária a utilização de cintas compressivas para a diminuição do edema e o estímulo da cicatrização dos tecidos. Para maiores informações sobre o procedimento, entre em contato com a Clínica Medibel, ligando ou agendando uma visita em nosso consultório, localizado na Avenida Paulista, em São Paulo.

Cirurgias reconstrutivas

  • Publicado em Sexta, 14 Agosto 2015 16:10

Menosprezadas e julgadas como fúteis e sem importância por algumas partes da sociedade, as cirurgias plásticas, na verdade, possuem um enorme e intangível valor para inúmeras pessoas que, independente do motivo, sentem-se infelizes e insatisfeitas com seus próprios corpos. Tais procedimentos, acima de tudo, visam devolver o bem estar, a auto estima e a alegria de viver de cada paciente.

Neste contexto, destacam-se as cirurgias reconstrutivas, que caracterizam-se como todos os procedimentos que buscam a reversão de defeitos estéticos de nascença ou aqueles ocasionados por lesões ou traumas físicos. Esta categoria de cirurgia é realizada para reformar estruturas normais do corpo, devolvendo traços, formas e contornos mais harmônicos.

Extremamente ampla, o campo de atuação destas cirurgias extende-se por inúmeras áreas do corpo, assim como para diversas finalidades, desde as discretas remoções de cicatrizes até mesmo à total reconstrução total do rosto após um grande acidente.

Cirurgias reconstrutivas podem ser realizadas em qualquer idade, devendo ser levado em conta, apenas, as estruturas e a saúde física do paciente. Para mais informações sobre cirurgias reconstrutivas, entre em contato com a Clínica Medibel.

O poder do colágeno

  • Publicado em Sexta, 07 Agosto 2015 15:22

Queridinho de muitas celebridades, o colágeno é uma espécie de proteína, presente em abundância no corpo humano, e é responsável pela formação de fibras, que proporcionam a firmeza da pele, assim como sua elasticidade e boa aparência. Além disso, ele também age como um elemento fortificador de unhas, cabelos e articulações.

Sua produção no organismo é contínua, contudo, sofre retração após os 30 anos de idade, momento no qual, por sua presença cada vez mais escassa, a pele perde sua elasticidade e hidratação, dando margem para problemas como rugas, celulites, flacidez e ressecamento de pele e cabelos.

Por conta disso, principalmente após essa idade, médicos e esteticistas recomendam a inserção do colágeno na alimentação do paciente a fim de repôr essa proteína que proporciona inúmeros benefícios para a saúde da pele. Ele pode ser encontrado e ingerido em forma de cápsulas, encontradas em farmácias e lojas de produtos naturais, e em alimentos como a carne vermelha, gelatina e outros que contenham vitamina E e C, além de antioxidantes em geral.

Lipocavitação

  • Publicado em Sexta, 31 Julho 2015 17:26

Quem deseja se ver livre de gordura localizada, mas tem medo dos procedimentos cirúrgicos disponíveis por conta das incisões, atualmente pode contar com outros tipos de tratamento que não demandam cortes e internações, como a lipocavitação, que visa a eliminação da gordura somente por meio do uso de um aparelho ultrassom.

O procedimento tem se tornado cada vez mais popular em clínicas de estética e de cirurgia plástica e é conhecido como “lipo sem cirurgia”. Seus maiores atrativos são seu teor indolor e a grande perda de volume proporcionada sem a necessidade de retirada do material gorduroso.

A técnica consiste na emissão da energia ultrassônica em áreas como barriga, coxas, costas e braços, de maneira constante e circular, favorecendo a destruição da gordura acumulada. Sessões de lipocavitação sempre demandam a realização de drenagens linfáticas e exercícios físicos aeróbicos, a fim de garantir a eliminação da gordura e evitar sua migração para outras partes do corpo. Para mais informações a respeito do procedimento, entre em contato com a Clínica Medibel!

A carboxiterapia e seus benefícios

  • Publicado em Quinta, 23 Julho 2015 17:47

A carboxiterapia, ou CO2terapia, é uma recente e moderna técnica desenvolvida na qual gás carbônico é injetado na epiderme do paciente em diversas regiões do corpo, visando melhoras na circulação sanguínea e oxigenação dos tecidos, combatendo o surgimento da celulite e revertendo a gordura localizada e a flacidez.

O gás carbônico injetado atua estimulando os vasos sanguíneos, estimulando a formação de novos vasos, colágeno e fibras elásticas, que promovem a renovação, irrigação e oxigenação de sangue nos tecidos, fundamentais para o tratamento de estrias, olheiras e outros problemas epidérmicos.

O tratamento é indicado, principalmente, para o tratamento da celulite, sendo o mais indicado dentre os demais procedimentos para o problema.

Pacientes que sofrem com estrias também são orientados para a realização da carboxiterapia, sendo os casos iniciais de vermelhidão e surgimento mais indicados. Sobretudo, quem busca tratamento para a gordura localizada também pode recorrer ao procedimento. Para mais informações a respeito, entre em contato com a Medibel Clínica de Cirurgia Plástica e Estética, será um prazer atendê-lo!

News Medibel