Menu

Orientação pós-operatória de Lipoaspiração

Orientação pós-operatória de prótese de lipoaspiração

Lipoaspiração: recuperação e dicas para ter um resultado perfeito!

Após a lipoaspiração, recuperação deve ser feita seguindo todas as orientações médicas. Esta fase é tão importante que se não for feita corretamente pode impactar diretamente no resultado da sua cirurgia de lipoaspiração.
A lipoaspiração abdominal lidera a lista de desejos das mulheres.
Este procedimento é a solução perfeita para quem perdeu peso, mas não conseguiu eliminar as gordurinhas. Com a cirurgia plástica, é possível eliminar de regiões como as coxas, a barriga, o culote e a papada.

Afinal, quais são os principais cuidados para o pós-operatório lipoaspiração?
Vamos ressaltar as principais atenções que você deve ter durante a recuperação da lipoaspiração.
Você sabe quanto tempo costuma durar o edema pós cirurgia? Qual é a cinta cirúrgica para lipoaspiração? Ou, ainda, como fica a cicatriz de lipoaspiração?

Lipoaspiração: recuperação deve ser feita…

Está correto se preocupar com essa fase, pois é um período com grande impacto na qualidade de um bom resultado.
Os cuidados do pós-operatório servem para atender a dois motivos. Primeiro, o corpo precisa se recuperar da intervenção cirúrgica na qual foi submetido.
E, segundo, para que o resultado seja satisfatório, a paciente precisa respeitar alguns limites.
Por este motivo, a recuperação deve ser feita de forma responsável, seguindo todas as orientações médicas e cumprindo os prazos de repouso obrigatório.
O tempo de recuperação de lipoaspiração abdominal pode levar alguns dias. Após a cirurgia é comum sentir dor, aparecerem hematomas e inchaço na área operada.
Na lipoaspiração, recuperação deve ser feita com mega atenção, principalmente, nas primeiras 48 horas. Esse período exige mais cuidado com a postura e com a respiração para evitar complicações.

O segredo para acabar com o edema pós cirurgia

O que será que causa o edema pós cirurgia?
O edema é popularmente conhecido como inchaço. Que nada mais é do que um acúmulo de líquido entre os tecidos do corpo.
É absolutamente normal que depois da lipoaspiração a paciente sinta um inchaço durante a recuperação. Pois, como a cirurgia consiste na grande retirada de tecido (gordura), é inevitável que aconteça o surgimento do edema.
O aparecimento de grandes inchaços não está relacionado, de forma alguma, com a má realização do procedimento cirúrgico.
Pelo contrário, o inchaço pós lipoaspiração é esperado devido ao trauma nos tecidos em que a cirurgia foi realizada. O local passa por um processo inflamatório, o que é comum em regiões que ocorrem a lipo.
Além disso, o inchaço na lipoaspiração pode ser causado devido ao alto volume de soro fisiológico injetado na gordura, antes da cirurgia. Esse soro tem a importante função de dissolver a massa de gordura para facilitar no momento da aspiração.
O tempo de duração do inchaço no pós lipoaspiração varia de caso a caso. Mas o edema pós cirurgia leva pelo menos 1 mês para desaparecer.
Para ajudar a diminuir o inchaço pós-operatório, os cirurgiões plásticos indicam algumas alternativas, como:

  • Usar uma cinta de compressão
  • Tomar os medicamentos anti-inflamatórios prescritos pelo médico
  • Beber muita água para deixar o corpo hidratado
  • Adotar uma dieta balanceada
  • Recorrer às sessões de drenagem linfática manual

Desse modo, o inchaço pós lipoaspiração será eliminado aos poucos do organismo. Sua regressão total será feita em até 6 meses, deixando a região com resultados melhores e mais naturais.
Inchaço após a lipoaspiração não deve ser tratado como qualquer outro. Por isso, jamais coloque gelo ou compressas frias sobre as áreas operadas. Da mesma forma, não recomendamos compressas mornas ou quentes.

A cinta cirúrgica para lipoaspiração será a sua aliada

Para que serve a cinta pós lipoaspiração?
Essa malha elástica é responsável por causar pressão na região operada e ajudar a posicionar o tecido no local correto. Por isso deve ser usada, em média, 30 dias.
Isto é importante porque durante a cirurgia de lipoaspiração a gordura é aspirada através de uma cânula. Após esse procedimento, o local fica vazio, mas logo é preenchido por sangue.
Entretanto, para que haja uma boa cicatrização, esse espaço “vago” precisa ser eliminado. Portanto, o uso contínuo da cinta pós lipoaspiração ajuda o organismo a:

  • Reabsorver os líquidos que causam o inchaço
  • Promover uma melhor cicatrização dos tecidos
  • Deixar a área livre de irregularidades na superfície
  • Evitar pequenos sangramentos

Existem diversos modelos de cinta cirúrgica para lipoaspiração. Para escolher o tipo certo é preciso analisar a região operada e como foi realizada a cirurgia. Portanto, peça sempre a orientação do seu cirurgião plástico.
A paciente deve adquirir exatamente o modelo indicado pelo médico, para que não cause problemas no resultado. Outra questão relevante é não usar uma cinta para lipoaspiração apertada demais, isso pode machucar a pele.

A cinta cirúrgica para lipoaspiração deve ser usada 23 horas por dia (sendo removida apenas para tomar banho).
Mas atenção na hora de colocar a malha. Orientamos que você NUNCA faça estando em pé, pois pode causar uma queda brusca de pressão.

Os inimigos da cicatriz de lipoaspiração

Como fica a cicatriz de lipoaspiração?
Uma das vantagens da lipoaspiração, aos olhos das pacientes, são as cicatrizes em tamanho bem pequeno, em torno de 1 cm.
A cicatriz de lipoaspiração fica justamente no local onde o médico fez a incisão para introduzir as cânulas que aspiram à gordura. O cirurgião plástico escolhe áreas escondidas, como por exemplo, sob a marca do biquíni.
Entretanto, uma vez que o procedimento pode ser realizado em diversas partes do 
corpo, o local da cicatriz pode variar de acordo com a região que será lipoaspirada.

Vale ressaltar que existem fatores que podem interferir na aparência da cicatriz de lipoaspiração. Por isso, alguns cuidados são recomendados para que haja uma boa cicatrização, como:

  • Ficar sem fumar por cerca de 1 mês depois da cirurgia
  • Evitar a exposição solar por pelo menos 1 mês
  • Ficar sem pegar peso ou fazer esforços físicos de 20 dias a 2 meses

De qualquer forma, listamos as principais características da evolução de uma cicatriz no pós-operatório lipoaspiração.
Durante o primeiro mês após a Lipo:
A cicatriz ficará com o aspecto avermelhado. A retirada dos pontos será feita de 7 a 14 dias, dependendo da cicatrização.
Em alguns casos, a cicatriz de lipoaspiração pode ficar com o aspecto mais alto, comprometendo o resultado da cirurgia. Isso só acontece em
 organismos com tendência a criar queloides ou cicatrizes hipertróficas.
A partir do primeiro mês até 1 ano:
Haverá mudança na tonalidade, passando de vermelho para marrom. E, somente após 6 meses, é que a cicatriz começa a tornar-se mais clara e natural. Qualquer
 avaliação ou correção na cicatriz deverá ser feita após este período.

O aparecimento da fibrose lipoaspiração

O que são fibroses após lipoaspiração?
A fibrose é uma possível complicação que pode surgir durante a lipoaspiração recuperação.
Você já 
viu fotos de antes e depois de Lipo na qual a paciente tinha irregularidades na região operada? Pois é, esse é um caso típico de fibrose, que nada mais é do que uma cicatriz que se forma internamente, composta por colágeno.
A cicatrização interna é comum, acontece toda vez que a pele, o músculo e o osso passam por um trauma. O organismo logo se encarrega de formar uma cicatriz. Ou seja, produz um tecido para restaurar o dano sofrido.
O problema é quando o organismo produz colágeno em excesso e sem orientação. Isso causa ondulações na pele, endurecimento e dor na região.
No pós-operatório lipoaspiração a fibrose é sentida somente depois de 15 dias. E pode se agravar durante os 3 primeiros meses de recuperação. Depois de 6 meses da 
cirurgia tende a suavizar, mas pode deixar sequelas.

Como tirar fibrose de lipoaspiração?
Esse aspecto ruim na pele pode e deve ser evitado. Os cirurgiões plásticos experientes sabem que uma das prevenções é fazer uma técnica cirúrgica pouco traumática. Pois, quanto menor o dano, menor será a cicatriz.
Além disso, logo no início da recuperação de lipoaspiração o médico indica sessões de Drenagem Linfática Manual. Esta técnica ajuda a minimizar o acúmulo de líquido e harmonizar a pele.
Porém, se a paciente não seguir as orientações médicas ou se a fibrose persistir, o
 tratamento fibrose pós lipoaspiração será outro.
Somente a Drenagem Linfática com Ultrassom conseguirá resolver o problema. Mas atenção, este procedimento feito em excesso pode causar flacidez. Por isso, siga corretamente as orientações do seu cirurgião.

Drenagem linfática pós lipo

Quais são os benefícios da drenagem linfática pós lipo?
Em todos os casos de lipoaspiração é indispensável a realização da drenagem linfática manual. Já que este procedimento ajuda imensamente na qualidade do resultado.
drenagem é um tipo de massagem que elimina o excesso de líquidos e toxinas do organismo por meio do sistema linfático.
Geralmente, para a cirurgia plástica, o médico indica que seja feita a drenagem manual e não por aparelhos. Isto porque a técnica deverá ser realizada com extremo cuidado na área operada e por meio de movimentos mais delicados.
A data certa para começar e a quantidade de vezes que você precisa fazer são indicadas pelo seu cirurgião plástico. Normalmente, iniciam-se 3 dias após a cirurgia. Em média são feitas 10 sessões.
Os benefícios drenagem linfática pós lipo são:

  • Prevenir ou desfazer fibroses
  • Dissolver nódulos, auxiliando na remodelagem do corpo
  • Acelerar a cicatrização, estimulando a produção de colágeno
  • Reduzir o inchaço, ativando a circulação sanguínea
  • Aliviar a dor pós-operatória e a inflamação no local

Um ponto relevante e que muitas pacientes não dão atenção é sobre a escolha do profissional. Isto é tão importante, mal realizada pode causar danos permanentes após uma lipo.

Como saber se será preciso recorrer ao retoque de lipo

O que pode ser considerado retoque de lipo?
Quando o resultado da lipoaspiração não é satisfatório, a paciente pode recorrer a um retoque de lipo.
Mas não são todos os casos que o retoque é válido. Por exemplo, se a paciente operou acima do peso, provavelmente, o resultado ainda ficará com alguma gordurinha. Isto acontece porque o médico pode tirar de 5 a 7% do seu peso ideal em gordura.
Por isso, recomendamos que, se necessário, a paciente perca peso antes de operar. Assim o corpo ficará ainda mais bonito depois da lipo.
Além disso, também não é considerado retoque de lipo os casos em que a paciente engordou após a cirurgia.
Sendo assim, o retoque de lipo é indicado, especialmente, para os casos de assimetrias (quando um lado fica diferente do outro).
Entretanto, muitas vezes, a insatisfação com o resultado acontece justamente por um descuido da paciente. Logo, é importante seguir a risca todos os cuidados da lipoaspiração recuperação para evitar problemas posteriores.

Dúvidas sobre lipoaspiração e pós-operatório

A recuperação de lipoaspiração é fundamental para uma boa cicatrização. Por isso, o médico vai acompanhar de perto o desenvolvimento desta fase. Além de orientar detalhadamente sobre o que a paciente pode ou não fazer.
Mas mesmo assim é comum surgir algumas dúvidas sobre o tempo de repouso, afastamento das atividades e quando voltar à rotina.
Qual o tempo de recuperação de uma lipoaspiração?
A recuperação é relativamente rápida. Dentro de alguns dias, 15 aproximadamente, a paciente consegue voltar para a sua rotina. Claro, evitando atividades que exijam muito esforço e exposição ao sol.
A recuperação de lipoaspiração abdominal dói?
Nos primeiros dias a dor é o sintoma mais comum no pós-operatório de lipoaspiração. Este desconforto é resultante do estímulo gerado pelas cânulas de 
sucção, que deixa a região operada mais sensível.

Para aliviar, o médico pode prescrever analgésicos e repouso durante a primeira semana. E a drenagem linfática manual também pode ser eficaz para diminuir a dor.
Quando desaparecem os hematomas na recuperação pós-lipoaspiração?
Após a cirurgia é comum o local lipado ficar com manchas vermelhas, que depois se tornam roxas. Esses hematomas desaparecem depois de 20 dias.
Também pode acontecer do hematoma “descer” da região do tronco para a região pubiana e das pernas, mesmo que essas áreas não tenham sido operadas.
Na lipoaspiração recuperação deve-se:

  • Ficar sem ir a academia ou fazer exercícios físicos por 2 meses
  • Deitar sem pressionar o local aspirado
  • Fazer pequenas caminhadas para evitar a trombose venosa profunda
  • Voltar a dirigir somente depois de 10 dias
  • Tomar bastante água para evitar a desidratação e tonturas
  • Fugir do sol. A exposição será liberada somente depois do corpo estar completamente desinchado e sem hematomas.

Ter cuidado no pós-operatório de lipoaspiração não é a única coisa!

 

Seguindo os cuidados citados acima e, claro, juntamente com as orientações do seu cirurgião plástico, a recuperação da lipoaspiração tende a ser o mais tranquila possível.
É importante também não deixar de tomar os medicamentos prescritos, inclusive nos horários certos. Além de comparecer em todas as consultas de retorno.
Caso você tenha alguma dúvida, não deixe de esclarecê-la com a equipe do seu médico, que tem o conhecimento necessário para poder orientá-la da forma correta.
Pensando em facilitar o contato, a Medibel criou o Disk Enfermagem, um canal exclusivo e direto entre as pacientes e a equipe de enfermagem da clínica.