Menu

PRÓTESE DE SILICONE E GRAVIDEZ: SAIBA OS CUIDADOS

PRÓTESE DE SILICONE E GRAVIDEZ: SAIBA OS CUIDADOS

A cirurgia de aumento de mama sempre esteve entre as mais procuradas no Brasil. É comum que as mulheres façam a cirurgia para sentirem-se mais confiantes e com a autoestima elevada. No entanto, uma das perguntas mais comumente feitas no consultório é como a mamoplastia de aumento pode afetar a produção de leite caso a mulher engravide após a cirurgia.

Neste ARTIGO esclarecemos algumas dúvidas recorrentes sobre o tema para que você se sinta mais segura, confira:

A mamoplastia de aumento pode realmente afetar a amamentação?

É fato que o corpo da mulher muda bastante durante a gravidez e uma das regiões mais afetadas são as mamas, devido à amamentação. Os seios mudam de tamanho e se preparam para a chegada do bebê que, durante os primeiros meses de vida, alimenta-se somente do leite materno.

A mamoplastia pode interferir na amamentação de acordo com o tipo de incisão escolhido. As mulheres podem sofrer alterações na produção e no fluxo do leite materno.

Como o tipo de incisão afeta a amamentação?

Cada uma das incisões pode afetar a amamentação de maneira distinta. Os cirurgiões plásticos podem optar, geralmente, por três tipos de aberturas. Vamos explicar o modo como cada uma delas pode interferir na amamentação.

Tipos de Incisão

Incisão inframamária

A incisão inframamária é a mais utilizada atualmente. Trata-se de um corte realizado na dobra inferior da mama para inserir a prótese.

Esse tipo de incisão permite que o implante seja passado por trás da glândula mamária. Desta forma, os ductos que transportam o leite não são atingidos, mantendo a produção e o fluxo do leite materno normais. Isto é, caso a cirurgia tenha sido realizada por meio deste tipo de incisão, a mulher pode amamentar sem preocupações.

Incisão axilar ou transaxilar

Neste tipo de incisão a prótese é inserida por um corte feito na dobra natural das axilas. O cirurgião faz um “túnel” até o local onde a prótese será inserida, por trás da glândula mamária e geralmente por baixo.

Assim como a incisão inframamária, nenhum ducto mamário é cortado, o que significa que não há alterações na amamentação.

Incisão areolar

Este tipo de incisão é a mais distinta das demais, também conhecida como periareolar. O cirurgião efetua um corte no formato de um semicírculo em volta da aréola, inserindo a prótese por essa abertura.

A principal diferença desse tipo de incisão é que alguns ductos mamários podem ser cortados no processo. Mas, calma! Somente o fluxo de leite pode ser prejudicado, sofrendo uma redução. A produção do leite materno continua normal.

Não se esqueça!

É importante que você seja sincero com seu cirurgião plástico sobre a intenção de gravidar futuramente, para que ele possa indicar qual a incisão mais adequada para o caso.

Você deve esclarecer todas suas dúvidas com o doutor antes de realizar a cirurgia. Não se esqueça de procurar um profissional qualificado para realizar os procedimentos corretamente!

Referências

Tipos de incisão para inclusão de prótese de silicone

http://portaldamamoplastia.com.br/tipos-de-incisao-para-inclusao-de-protese-de-silicone/

Posso engravidar, ou prejudicará a cirurgia?

http://cirurgiaplasticapoa.com.br/tratamento/mamoplastia-redutora-posso-engravidar-ou-prejudicara-cirurgia/

Gravidez depois do silicone: o que você precisa saber

 

https://siliconecenter.com.br/blog/gravidez-depois-do-silicone-o-que-voce-precisa-saber/